(TCA) Transtorno de Compulsão Alimentar

eut15low

Mauro Câmara Junior – Psicanálise & Hipnose Clínica

Compatilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comer compulsivamente: Transtorno de Compulsão Alimentar (TCA)

 

Quando a compulsão alimentar toma conta da sua vida, é preciso saber como agir! 

2 mil calorias. Esse é o número considerado ideal para um adulto saudável consumir em um dia se deseja manter o peso, aponta o Ministério da Saúde. Com a grande oferta de comida ao nosso bel prazer e a crescente quantidade de fast foods a torto e a direito, às vezes fica difícil seguir à risca as dietas e manter o limite das 2 mil calorias — ou as calorias ideais para o seu metabolismo, segundo prescrições de um nutricionista.

Todo mundo já extrapolou alguma vez na vida. Um docinho a mais, se empanturrar no rodízio de pizzas ou repetir o prato na feijoada de domingo. Mas há quem transforme o ato de comer em compulsão.

Esses indivíduos viciados em comer são capazes de ingerir de 5 a 6 mil calorias em uma única refeição! Para eles, comer “ está associado à sensação de prazer, muitas vezes, comemos mais do que seria indicado para suprir as necessidades do nosso organismo. São esses os indivíduos que sofrem do Transtorno de Compulsão Alimentar (TCA).

Alguns alimentos podem trazer imensa sensação de prazer, como os açúcares e carboidratos. Na busca pelo prazer e pela compensação de emoções negativas, muitas pessoas ingerem alimentos desse tipo sem mesmo ter necessidade de comer. O alimento, então, vira combustível para apaziguar emoções e dar tranquilidade aos sentimentos em desequilíbrio.

O que é Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica?

“O comer compulsivo é um padrão recorrente, ou seja, acontece com frequência e está associado à perda de controle. Quando pensamos em compulsão alimentar ou comer compulsivo, estamos nos referindo à pessoa que come grande quantidade de alimentos rapidamente, perde o controle e não consegue interromper a refeição mesmo quando se sente estufada ou plenamente saciada. Para caracterizar esse comer como doença é preciso que ocorra pelo menos duas vezes por semana”, define o médico Alexandre Azevedo em entrevista para o portal do Dr. Dráuzio Varella.

Ou seja, o TCA difere de uma vontade de comer algo em específico ou perda de controle isolada. O transtorno é marcado por episódios recorrentes e intensos de descontrole associados à questões emocionais e sempre seguidos do sentimento de culpa.

Diferentemente da bulimia ou outros transtornos, na compulsão alimentar não há purgação. “A alimentação compulsiva não é seguida por tentativas de compensar o excesso de alimentos ingerido – por exemplo, livrando o corpo do excesso de alimento consumido (purgação)”, explica o Manual MSD.

A vontade de comer chega e o descontrole toma conta. Mas o que resta depois dos episódios compulsórios é culpa. A maioria das pessoas que sofrem do transtorno sabem que extrapolaram e sentem peso na consciência. Isso acontece ainda mais com quem passar por dietas restritivas e perdem o controle profundamente pelo desespero de ficar sem comer.

Muitas pessoas que sofrem de doenças psicológicas como depressão e ansiedade, ou que estão passando por momentos difíceis na vida, encontram na comida a válvula de escape para todas as angústias emocionais. A fome emocional vem pra suprir a falta, seja ela de emoções positivas, de afeto ou de vontades. Quem sofre de doenças psicológicas como depressão ou ansiedade, tem uma grande propensão ao comer compulsivo.

O transtorno compulsivo é o mais frequente dos transtornos alimentares na população geral, com prevalência de 3,5% em mulheres, e 2% nos homens. O TCA traz grandes riscos à saúde física e mental. É bastante comum que pessoas com TCA apresentem comorbidades como depressão, TDAH, aumento do risco de transtornos psiquiátricos em geral e risco de obesidade e sobrepeso.

Compulsão alimentar: Sintomas

No III Congresso de Obesidade e Síndrome Metabólica” da Abeso, o médico José Carlos Apolinnario palestrou sobre o Transtorno de Compulsão Alimentar (TCA). “O TCA é caracterizado por episódios recorrentes de compulsão com pelo menos 3 indicadores de perda de controle. Os indicadores envolvem:

  • Comer mais rápido do que o normal;
  • Comer até se sentir cheio;
  • Comer grandes quantidades mesmo sem fome;
  • Comer escondido;
  • Sentir repulsa por si e deprimido após o episódio;
  • Sentir desconforto relacionado ao episódio.

Os episódios ocorrem pelo menos por 1 semana nos últimos 3 meses e não necessariamente ocorre somente durante o curso de anorexia e bulimia nervosas. Caso o indivíduo possua pelo menos 3 desses sintomas, é preciso dar início ao acompanhamento médico seguido de tratamento.

Compulsão alimentar: Tratamento

Mas, afinal, como tratar a compulsão alimentar? Restaurar a nutrição adequada e educar o indivíduo é vital, de modo que toda a compulsão e exagero sejam reduzidos e o hábito alimentar do paciente se torne algo prazeroso, sem culpa e, principalmente, saudável. A psicoterapia é um dos métodos mais eficazes pois ajuda o paciente a entender os motivos psicológicos que transformaram a alimentação em vilão, afinal, os distúrbios não aparecem sozinhos.

 

Existem meios de como vencer a compulsão alimentar, e o primeiro passo é identificar que existe um problema. Quando o paciente tem consciência de que precisa de ajuda, fica mais fácil procurar tratamento e, consequentemente, chegar à solução do problema.

Caso precise de ajuda, saiba que a terapia é uma das mais importantes formas de tratamento. 

TRATAMENTO

Hoje a pesicoterapia online tem ferramentas capazes de reduzir grande parte destes problemas, podendo até resolver na sua totalidade de forma consideravelmente rápida. Técnicas específicas são capazes de alterar os comportamentos inconscientes e obter os resultads desejados.

É muito importante um diagnóstico preciso. A investigação minuciosa é de total relevância para que possa ser conduzido o tratamento adequado.

Fale conosco que podemos lhe ajudar.

Realdream Institute Hypnosis Spain

Mauro Câmara Junior é Psicanalista e Doutorando em Hipnose Clínica Direta

Membro da Sociedade Internacional de Hipnose Clínica – SIHC-ES-2021-1430

Atende presencialmente em Portugal e Espanha e também online  pessoas pelo mundo todo.

Palestrante e formador. Desenvolvedor de protocolos exclusivos para tratamento de diversas queixas como depressão e ansiedade.

Facebook | Instagram | Whatsapp |

Aberta candidaturas para bolsas para formação de Hipnose Clínica

Bolsa de até 70% nas formações de Hipnose Clínica e especializações. Faça já sua candidatura, vagas limitadas!

Para se candidatar clique no botão abaixo

 

EnglishPortugueseSpanish
Real Visitors: 702

AJUDA EMERGENCIAL PARA ANSIEDADE E PÂNICO

Tabela de valores emergenciais e procedimento

Selecione o horário desejado. Efetue o pagamento. Automaticamente você irá receber em seu e-mail o número de Whatsapp de atendimento emergencial que você deverá enviar uma mensagem informando nome do pagador e paciente.

Das 08:00 ás 18:00 Hrs

Consultas de 60 a 90 minutos R$ 250,00 / € 40,00

Das 19:00 ás 07:00 Hrs

Consultas de 60 a 90 minutos R$ 350,00 / € 60,00

Pagamento em Portugal e Espanha através do IBAN

IBAN PT50 0010 0000 5659 0240 0017 9